O que sabemos até agora sobre Matrix 5

Compartilhar:

Sob nova direção, o filme tentará resgatar a franquia após o quarto filme não ter sido muito bem recebido.

Autor Matheus Vilas Boas
Matheus Vilas Boas

19/04/2024, 11:10

O que sabemos até agora sobre Matrix 5Foto: Divulgação Warner

O novo filme da franquia foi confirmado pela Warner Bros, que já definiu Drew Goddard como diretor de produção e contará com Sara Esberg no roteiro. Este será o primeiro filme de Matrix sem as irmãs Wachowski, que comandaram a trilogia da franquia. Lembrando que o quarto filme, lançado em 2021, foi dirigido apenas por Lana Wachowski, que será a produtora executiva do novo filme.

O presidente da Warner, Jesse Ehrman, informou que Drew teve uma brilhante ideia para retomar a franquia e dar-lhe um rumo digno dos primeiros filmes. Ele também disse que o filme é uma continuação da história de Neo e Trinity. As filmagens vão acontecer em Berlim, na Alemanha, mas ainda não há uma data de estreia definida. Sabe-se apenas que provavelmente será lançado em 2025.

A volta de Keanu Reeves e Carrie-Anne Moss não foi confirmada, mas pelas declarações da Warner, os dois atores devem retornar. O restante do elenco ainda é um mistério, havendo rumores de que teremos o retorno dos personagens Morpheus e Niobe.

Existe ainda a possibilidade de vermos uma expansão do universo Matrix, estabelecendo uma nova história e apresentando novos personagens, mas sem perder a essência dos filmes da franquia.

Vale lembrar que, apesar de Matrix ser um filme que revolucionou o cinema com suas cenas de ação e questionamentos filosóficos sobre realidade e liberdade, principalmente o primeiro filme lançado em 1999, que ganhou quatro Oscars e lucrou US$ 463 milhões em todo o mundo, o último filme da franquia não foi muito bem recebido pelos fãs. O filme gastou cerca de US$200 milhões apenas em sua produção, sem contar os gastos com divulgação, e arrecadou apenas US$157 milhões nos cinemas em 2021. Considerando isso, podemos dizer que além de não satisfazer os fãs da franquia, o quarto filme deixou a Warner no prejuízo.