Quem é Alys Rivers em House of the Dragon?

Compartilhar:

Alys Rivers possui muita influência na Dança dos Dragões em House of the Dragon, especialmente na vida de Aemond Targaryen

Autor Gabriel Barbosa
Gabriel Barbosa

04/07/2024, 12:39

Alys Rivers em House of the DragonAlys Rivers em House of the Dragon. Foto: Divulgação

Primeiramente, é certo lembrar que Alys Rivers é a personagem que faz sua estreia na segunda temporada de House of the Dragon.

Mas, quem é a personagem misteriosa, que até nos lembra um pouco Melisandre de Game of Thrones? Eu conto. Mas, cuidado, pois o texto abaixo pode conter spoiler.

Interpretada por Gayle Rankin, Alys aparece no episódio intitulado ‘The Burning Mill‘. Aliás, sua presença marca o episódio com tons sobrenaturais e misteriosos, capturando a atenção de todos com sua aparência sinistra e suas profecias ameaçadoras.

Quando Daemon Targaryen (Matt Smith) chega a Harrenhal para reivindicar o castelo para os Blacks, é quando vemos Alys ela lhe dá um presságio sombrio sobre seu futuro.

Alys é imediatamente destacada por sua habilidade de prever o futuro. Durante sua interação com Daemon, ela prevê sua morte em Harrenhal, uma declaração que estabelece o tom para sua presença na série.

É certo dizer que ao longo da série essa habilidade de prever eventos futuros a posiciona como uma figura influente nos eventos que se desenrolam em Westeros.

Origens e Mitos

A origem de Alys Rivers está envolta em mistério e mitos. Ela é frequentemente mencionada como a filha bastarda de Lord Lyonel Strong.

Lord Lyonel Strong
De acordo com o Grande Meistre Munkun, Lord Lyonel Strong gerou a filha bastarda Alys Rivers. Foto: Divulgação

Em Harrenhal, ela inicialmente serve como ama de leite, uma posição humilde que contrasta fortemente com o poder que ela demonstra mais tarde. Alys é descrita como alguém que aparenta ser muito mais jovem do que sua idade real, algo que também vimos em Game Of Thrones.

Mas, apesar disso, outros sugerem que ela cuidava de crianças depois de perder seus próprios filhos. Essa disparidade nas histórias apenas contribui para a aura de mistério que a cerca.

Como ela tem a capacidade de prever o futuro, Alys consegue facilmente influenciar eventos. Essas habilidades, juntamente com sua aparência, fazem de Alys uma figura temida e respeitada.

Além de prever o futuro, há indícios de que Alys pode usar magia para alcançar seus objetivos. Em ‘Fire & Blood’, é mencionado que ela pode ter usado poções e encantamentos para atrair figuras poderosas como Sor Criston Cole e Aemond Targaryen.

Papel nas Terras Fluviais

As Terras Fluviais desempenham um papel central na Dança dos Dragões, e Alys Rivers é um símbolo dos perigos desta região. Harrenhal, localizado estrategicamente, é o cenário de muitas batalhas e intrigas políticas. D

A presença de Alys em Harrenhal pode sugerir que o castelo será palco de confrontos importantes e que suas habilidades sobrenaturais terão um impacto significativo no desenrolar da guerra.

O castelo é conhecido por trazer desgraça a seus ocupantes, e Alys, com suas profecias de morte, reforça essa maldição. Sua breve interação com Daemon e suas previsões sobre seu destino indicam que Harrenhal continuará a ser um lugar de tragédias e eventos sobrenaturais.

Conexão de Alys Rivers com Aemond Targaryen

Ilustração de Alys Rivers grávida de Aemond Targaryen. Foto: Divulgação | Naomimakesart

A relação entre Alys Rivers e Aemond Targaryen é um dos aspectos mais intrigantes, sendo até uma das peças-chaves. Após os Verdes retomarem Harrenhal, Aemond poupa a vida de Alys e a toma como sua companheira de cama. Essa decisão não só destaca a influência de Alys, mas também sugere que ela possui habilidades que a tornam indispensável. A relação deles é complexa e carregada de implicações políticas e pessoais, afetando diretamente os eventos da Dança dos Dragões.

Alys eventualmente fica grávida de Aemond. Sua gravidez não é apenas um detalhe pessoal, mas também um ponto crucial na narrativa. Alys usa suas habilidades de previsão para guiar Aemond, indicando onde ele pode encontrar Daemon Targaryen, por isso ele a mantém por perto.

A culminação da relação entre Alys e Aemond ocorre durante a famosa Batalha Acima do Olho de Deus. Alys, grávida e assistindo à batalha do topo da Torre Kingspyre em Harrenhal, presencia a morte de Aemond e Daemon em um confronto épico.

Aliás, mesmo após a morte de Aemond, Alys continua a ter grande influência em Harrenhal.

Lenda da Rainha Bruxa

Após a morte de Aemond Targaryen, Alys Rivers assume um novo papel em Harrenhal, tornando-se conhecida como a Rainha Bruxa. Em 132 d.C., durante a regência de Aegon III, Alys emerge como a governante de Harrenhal, liderando uma coleção de homens quebrados e bandidos que se reúnem sob seu comando.

Alys reivindica ser a viúva de Aemond Targaryen e apresenta seu filho como o legítimo herdeiro ao trono, desafiando diretamente o reinado de Aegon III.

Aliás, como Rainha Bruxa de Harrenhal, testemunhou eventos dramáticos e sobrenaturais. Quando Sor Regis Groves da Guarda Real e Sor Damon Darry chegaram para recuperar o castelo, Regis morreu abruptamente após insultar Alys.

Com isso, a morte de Regis e a derrota dos homens enviados para recapturar Harrenhal apenas aumentam o medo e o respeito de Alys.

Por fim, a presença contínua de Alys em Harrenhal durante a regência de Aegon III destaca a resiliência e poder dela. Por exemplo, em Fire & Blood, mesmo com a oposição dos regentes, que não acreditam nas alegações de magia e dragões, Alys mantém seu controle sobre Harrenhal.