Matthew Perry | Qual a causa da morte e o que falta saber sobre acidente do ator

Compartilhar:

Caso é investigado como afogamento, mas autópsia foi inconclusiva; família de ator se manifesta pela primeira vez

Autor Karla Beatryz
Karla Beatryz

30/10/2023, 17:10

Ator Matthew Perry - Foto: Reprodução/WebAtor Matthew Perry – Foto: Reprodução/Web

A causa da morte do ator Matthew Perry – 54 anos – conhecido por interpretar o personagem Chandler Bing na série “Friends”, continua sendo investigada. Segundo a reportagem da TMZ, Perry teria morrido afogado em sua casa de Los Angeles, nos Estados Unidos. 

De acordo com a matéria, o ator foi encontrado na banheira de hidromassagem de casa, e que não haviam indícios de drogas no local, somente remédios contra depressão e ansiedade. 

Matthew Perry era ex-dependente químico e durante sua vida lutou contra a depressão e o vício nas drogas, que começara, durante as férias das gravações de “Friends”. 

No último domingo, 29, o corpo do ator foi enviado ao Instituto Médico Legal de Los Angeles e o primeiro resultado da autópsia foi considerado inconclusivo. Ainda são aguardados os resultados dos novos exames toxicológicos. 

Leia também: ‘Retratos Fantasmas’ chega ao catálogo da Netflix em 2 de novembro 

O porta-voz do Corpo de Bombeiros de Los Angeles, Brian Humphrey, disse à CNN que uma ligação para o 911 chegou às 16h07, para uma emergência de resgate na água. No entanto, o local exato do acidente ainda é desconhecido. 

Riscos de vida anteriores

Matthew Perry enfrentou o vício em álcool desde sua adolescência, quando começou a beber aos 14 anos. Durante as filmagens de “Friends”, em 1994, Perry sofreu um acidente de Jet Ski. Na época, o ator precisou tomar analgésicos para controlar a dor, que eventualmente o viciaram. 

No decorrer das temporadas, o ator chegou a ser internado uma série de vezes para controlar os vícios e chegou a interromper as gravações da série. Em 2018, a vida do ator esteve em risco novamente, e precisou ser levado à UTI pelo uso contínuo de drogas. 

LEIA MAIS:

O ator teve uma explosão do cólon e ficou cerca de cinco meses internado, fazendo uso de uma bolsa de colostomia. Dois anos depois, em novembro de 2020, em um das idas para o centro de reabilitação, o ator sofreu uma parada cardíaca e seu coração parou de funcionar por cinco minutos. O acidente ocorreu após uma equipe médica administrar propofol, um anestésico intravenoso de curta ação e o artista não reagiu bem à substância. 

Seu coração voltou a bater após o processo de ressuscitação cardiopulmonar. Durante o procedimento médico, Matthew teve oito costelas quebradas. O acidente lhe custou a participação no longa “Não Olhe Para Cima” (2021), quando ele iria retomar a carreira. 

Superação dos vícios 

Durante o especial de “Friends”, lançado em 2021, Matthew Perry revelou publicamente que havia superado seus vícios. Em uma entrevista com Tom Power, o ator revela que tem lembranças tristes ao lembrar dessa fase de sua vida. 

“Posso dizer quando bebia, tomava opióides, cheirava cocaína. Eu poderia dizer temporada por temporada pela minha aparência. Acho que ninguém mais pode, mas eu certamente posso. É por isso que não quero assistir, porque é o que vejo”, disse em entrevista. 

Apesar dos vícios, Matthew explicou que tinha uma regra de não beber ou usar drogas enquanto trabalhava, pelo respeito ao restante do elenco.

Ele conta que durante as filmagens do último episódio da série, ele não sentiu a emoção pelo uso de drogas. “Não senti nada. Eu não sabia dizer se isso era por causa do opioide buprenorfina que eu estava tomando ou se eu estava simplesmente morto por dentro”, afirmou. 

O ator narrou o vício e a superação em seu livro “Friends, Lovers and the Big Terrible Thing” (Amigos, Amores e Aquela Coisa Terrível), lançado em 2022 no Brasil. A obra é descrita como um relato “transparente e sensível” de Perry. 

No livro, Perry ressalta que, apesar do vício em aplacar a “Dor” que sentia – descrita assim, com a inicial maiúscula –, ele diz que sempre quis continuar vivo. 

Família e Warner Bros se pronunciam 

Em nota, a família de Matthew Perry se pronunciou pela primeira vez após a morte do ator. Em comunicado à revista People, eles dizem que estão de “coração partido” com a perda. Eles também agradecem o apoio dos fãs e colegas. 

“Todos vocês significaram muito para ele e agradecemos a grande manifestação de amor”, afirma o comunicado. A Warner, empresa onde Perry trabalho durante longos anos, também se pronunciou sobre a morte do ator. 

“Estamos arrasados ​​com o falecimento de nosso querido amigo Matthew Perry. Matthew era um ator incrivelmente talentoso e uma parte indelével da família Warner Bros. Television Group. O impacto do seu gênio cômico foi sentido em todo o mundo e seu legado viverá no coração de muitas pessoas. Este é um dia comovente e enviamos nosso amor à sua família, seus entes queridos e todos os seus fãs”, disse a empresa em comunicado. 

A causa da morte de Matthew Perry continua em investigação.