‘Like a Dragon: Infinite Wealth’ promete ser uma promissora continuação da franquia Yakuza

Compartilhar:

Testamos o jogo no estande da SEGA na BGS 2023 e contamos para você o que achamos do game

Autor Gabriel Barbosa
Gabriel Barbosa

16/10/2023, 08:59

Like a Dragon: Infinite WealthLike a Dragon: Infinite Wealth teve demonstração no estande da SEGA na BGS 2023. Foto: Divulgação

Os fãs da aclamada franquia Yakuza têm um motivo para comemorar em 2024, pois a Sega apresentou seu mais recente título, Like a Dragon: Infinite Wealth, na Brasil Game Show (BGS).

Com lançamento previsto para 26 de janeiro, o jogo promete trazer uma série de inovações e revigorar a experiência dos jogadores.

Nós testamos a demo que estava no estande da SEGA na BGS e vamos contar para você o que achamos.

Uma das mudanças mais significativas que Like a Dragon: Infinite Wealth traz é a continuação do sistema de combate por turnos, que estreou em Yakuza: Like a Dragon (2020).

No entanto, desta vez, os desenvolvedores adicionaram elementos que tornam o combate mais dinâmico e estratégico. Kazuma Kiryu, o protagonista, agora pode se mover pelo campo de batalha entre os turnos, permitindo que os jogadores causem mais danos aos inimigos.

Além disso, a introdução de um tipo especial de combate em tempo real, que lembra os jogos da série Yakuza principal, traz uma nova dimensão à jogabilidade. Embora a IA dos inimigos ainda precise ser aprimorada, essa adição é bem-vinda e oferece diversos sistemas de combate.

Os personagens jogáveis ​​​​mantêm suas habilidades específicas, o que acrescenta profundidade ao combate e permite aos jogadores escolher estratégias únicas. Além disso, pequenos Quick Time Events (QTEs) ocorrem durante as lutas, acrescentando um elemento de ação e emoção às batalhas.

Na demonstração, eu tive a oportunidade de enfrentar um chefe do jogo, que, em comparação com seu antecessor, parecia ser um desafio um pouco mais fácil. No entanto, é importante ressaltar que os personagens estavam em níveis avançados, o que pode ter influenciado a dificuldade percebida.

E uma das características mais marcantes da franquia Yakuza é o seu bom humor, e Like a Dragon: Infinite Wealth não decepciona nesse aspecto. O jogo mantém o tom cômico e irreverente que os fãs gostam. Em um dos momentos hilariantes, o protagonista, Kazuma Kiryu, fica preocupado com a possibilidade de ter ficado careca após escapar de um tiro, mostrando o cuidado com os detalhes que tornam a série única.

Uma das mudanças mais ousadas em Like a Dragon: Infinite Wealth é a ambientação do jogo no Havaí, um desvio notável do cenário tradicional japonês da série. Isso resulta em ruas mais largas, menos edifícios e uma iluminação que dá uma sensação única ao jogo. Além disso, os confrontos aleatórios continuam a ocorrer, mantendo a essência da franquia.

Em resumo, a experiência com Like a Dragon: Infinite Wealth deixou uma impressão positiva. O combate manteve as qualidades que fizeram sucesso em seu antecessor, tornando-o ainda mais dinâmico e estratégico.

Like a Dragon: Infinite Wealth parece ser uma continuação promissora da franquia, que continua a se reinventar e surpreender os fãs.