Não leia: Boa Noite Punpun

Compartilhar:

Principais motivos para não ler Oyasumi Punpun.

Autor Shandler Gonçalves
Shandler Gonçalves

02/04/2024, 14:41

punpun-deitado-numa-cama-com-uma-coberta-indo-ate-seu-pescocoFoto: Reprodução Oyasumi Punpun/Inio Asano

O mangá “Boa Noite Punpun” é uma obra profundamente impactante e polarizadora que despertou considerável admiração e discussão desde seu lançamento. Criado por Inio Asano, o mangá é notável não apenas por sua qualidade artística e narrativa, mas também por sua abordagem corajosa e incisiva de temas difíceis e muitas vezes perturbadores.

Além disso, “Oyasumi Punpun” aborda uma ampla gama de temas universais e existenciais, como amor, solidão, trauma, depressão e a busca pelo significado na vida. Inio Asano aborda esses temas de maneira sensível e perspicaz, mostrando insights penetrantes sobre a condição humana e as lutas internas que muitos enfrentam.

Motivos para não ler “Boa Noite Punpun”

corte-de-uma-das-paginas-de-Boa-noite-punpun
Foto: Reprodução Oyasumi Punpun/Inio Asano

Há razões pelas quais algumas pessoas podem hesitar em ler “Oyasumi Punpun”. O mangá lida com temas pesados e perturbadores, como abuso, violência, suicídio e questões existenciais profundas, que podem ser difíceis para alguns leitores.

Além disso, a narrativa sombria e intensa pode não ser do agrado de todos, especialmente aqueles que preferem histórias mais leves e otimistas.

Alguns fãs recomendam não ler “Oyasumi Punpun” se você estiver passando por um momento delicado.

Você deveria ler “Boa Noite Punpun”

Sim, a obra aborda temas muito delicados, mas, para aqueles que estão emocionalmente bem e querem explorar os aspectos mais profundos da experiência humana, “Oyasumi Punpun” é um ótimo Mangá!

Os pontos positivos de “Oyasumi Punpun” são vários. Muitos elogiam a forma como o autor desenvolveu os personagens e toda a história, de forma extraordinariamente detalhada e envolvente. O protagonista, Punpun, é retratado de maneira crua e complexa, passando por uma jornada de autodescoberta marcada por altos e baixos emocionais.

O autor, Inio, também desenvolveu bastante os personagens secundários, adicionando muita (mesmo) profundidade e complexidade à narrativa. O Mangá é simplesmente ótimo.

punopun-e-sua-amiga-andando-de-maos-dadas-onde-ela-esta-puxando-punpun-para-algum-lugar
Foto: Reprodução Oyasumi Punpun/Inio Asano

Leia mais: